AAAPV

Decisão judicial reafirma legalidade de associações de proteção veicular em Vitória da Conquista (BA)

Ação civil pública movida pela Susep alegava que mútua atuava como seguradora sem autorização; defesa demonstrou legalidade com base no Estatuto Social da associação

Vitória da Conquista (BA), 29 de maio de 2024 – Ação civil pública movida pela Superintendência de Seguros Privados (Susep) contra mútua filiada na Bahia foi julgada improcedente. A instituição alegava que a associação atuava como seguradora sem a devida autorização.

A defesa da mútua, conduzida pelo presidente do Tribunal Superior de Ética (TSE) da AAAPV (Agência de Autorregulamentação das Entidades de Autogestão de Planos de Proteção contra Riscos Patrimoniais), Dr. Celso Pasqualli, demonstrou a licitude das atividades da associação com base no Estatuto Social da instituição.

Ao analisar o caso, o juiz concluiu que não havia evidências de operação securitária velada ou de qualquer atividade ilícita por parte da associação. Ficou decidido que não havia justificativa para a imposição de medidas que impedissem a continuidade das atividades da associação.

Para a defesa, a decisão representa uma vitória significativa para todas as associações de proteção veicular a nível nacional, reafirmando a importância e a legalidade do setor.

Foto: TRF1

Prezadas mútuas filiadas,

Informamos que a Assembleia Geral Ordinária da AAAPV, programada para o dia 10 de junho de 2024, mudou de data.

Agora, ela ocorrerá no dia 28 de junho de 2024 (sexta-feira). Para ter acesso ao edital de convocação com a alteração, acesse: