AAAPV

Índice de roubos na Niterói-Manilha é um dos mais altos do Brasil

Parlamentares e representantes da sociedade participam da Audiência Pública para debater sobre a violência na Niterói-Manilha

Por Eu Rio!

A onda e roubos de veículos na BR-101 – a Niterói-Manilha – no trecho de 21 km na altura do município de São Gonçalo, foi tema de audiência pública na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) nesta quinta-feira. De acordo com representantes da Polícia Rodoviária Federal, a região concentra um dos maiores números de roubos de veículos em todo o país.

Dados da Polícia Militar divulgados na Audiência revelam que, no primeiro semestre de 2019, considerando os casos em todo o Estado, apenas o batalhão da região de São Gonçalo registrou 12% de roubos de veículos e 20% do total de roubo de veículos de carga.

Combater os delitos fica ainda mais difícil diante do reduzido número de agentes. São Gonçalo tem menos de um policial militar para cada mil habitantes. A Polícia Rodoviária Federal também tem um efetivo pequeno. São apenas sete agentes para todos os 21 Km do trecho, além da Ponte Rio-Niterói.

“Temos uma demanda muito grande de trabalho e nossos recursos humanos não atendem essa necessidade”, comentou o inspetor Marcelo Vinicius Pereira, chefe da Seção de Operações (SEOP/RJ).

Combate ao roubo de veículos

A PRF prevê aumento do efetivo em até 40%, graças ao pagamento de gratificações para agentes em folga. É o que explica o inspetor Marcelo Vinícius:

“Com isso, a gente vai ter um policial que conhece o trecho e isso também é muito importante”, disse.

O presidente da Comissão de Turismo, deputado Welberth Rezende (PPS), lembrou que a violência na região tem forte impacto no setor de turismo da região. O trecho é um dos principais acessos à capital do estado:

“É uma preocupação muito grande porque é uma área que tem índices altíssimos de assaltos, acidentes, arrastões e trocas de tiros. É algo que precisamos solucionar”, declarou.

O representante da concessionária Arteris, Rodrigo Meira, disse que a empresa que administra ao trecho da rodovia está colaborando com as forças de segurança do Estado.

“Dentre as medidas tomadas, estão a disponibilização das imagens das câmeras de segurança que monitoram a rodovia em tempo real e melhorias de infraestrutura que vão desde a iluminação de LED até a ampliação de faixas”, disse.

A audiência foi promovida pelas comissões de Segurança Pública e de Turismo da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). Contou com a participação dos deputados Alexandre Freitas e Chicão Bulhões, do NOVO; Bruno Dauaire (PSC); Coronel Salema, Gil Vianna e Márcio Gualberto, do PSL; e Martha Rocha (PDT).

 

Foto: Hudson Pontes / Agência O Globo

Prezadas mútuas filiadas,

Informamos que a Assembleia Geral Ordinária da AAAPV, programada para o dia 10 de junho de 2024, mudou de data.

Agora, ela ocorrerá no dia 28 de junho de 2024 (sexta-feira). Para ter acesso ao edital de convocação com a alteração, acesse: