AAAPV

PCDF desarticula quadrilhas especializadas em roubo de veículos

Ao todo, 16 pessoas foram presas. Duas ainda estão foragidas. Com as prisões, houve uma queda de 67% no índice de roubo de veículos em Taguatinga

Por Correio Braziliense

Policiais civis prenderam mais um homem acusado de integrar uma quadrilha especializada em roubo de veículos cadastrados em aplicativos de transporte. A prisão faz parte de uma operação coordenada por agentes da 21ª Delegacia de Polícia (Taguatinga), que está em andamento desde fevereiro. Segundo o delegado-chefe, Alexandre Gratão, dois criminosos ainda estão foragidos.

As investigações identificaram que os roubos eram realizados por duas organizações criminosas que atuavam na região de Taguatinga. Uma das quadrilhas era formada por oito integrantes e a outra, por 10. “Todas essas pessoas dos dois grupos foram presas, desde 29 de fevereiro. Apenas dois estão foragidos”, afirmou Alexandre.

O maior interesse de um dos grupos era trocar os veículos roubados por drogas. “Alguns deles subtraíam os carros, levavam para a fronteira do Brasil com o Paraguai. Lá, trocavam por drogas e traziam para vender no DF”, explicou o delegado-chefe.

Menores de idade também estavam envolvidos nos roubos. Uma das quadrilhas contava com a participação de cinco adolescentes e cinco adultos. As investigações relacionadas à atuação dos menores de 18 anos nos crimes ficará a cargo da Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA). Seis veículos foram recuperados e devolvidos aos donos. “Fora os veículos devolvidos aos donos, encontramos alguns carros abandonados pela cidade”, disse Gratão.

Esquema

A investigação começou devido ao alto índice de ocorrências de roubo de veículos registradas por motoristas de aplicativo. “Com o correr da investigação, identificamos que se tratava de dois grupos. O líder do primeiro grupo foi preso em fevereiro e o do segundo, em 15 de março”, explicou o delegado-chefe da 21ª DP.

As associações criminosas eram formadas por jovens entre 15 e 30 anos, todos moradores de Taguatinga Sul. Alguns deles eram vizinhos. “Os acusados se tratavam de jovens vizinhos que acharam a facilidade de cometer esses crimes. Em uma única noite, eles roubavam cerca de quatro veículos”, afirmou Alexandre Gratão.

Com as prisões, os registros de roubo de automóveis em Taguatinga caíram consideravelmente. Segundo Alexandre Gratão, detectaram uma diminuição 67% dos casos de roubo de veículos.

 

Foto: PCDF/Divulgação

Prezadas mútuas filiadas,

Informamos que a Assembleia Geral Ordinária da AAAPV, programada para o dia 10 de junho de 2024, mudou de data.

Agora, ela ocorrerá no dia 28 de junho de 2024 (sexta-feira). Para ter acesso ao edital de convocação com a alteração, acesse: