AAAPV

Subprocurador-geral da república, José Elaeres, afirma que irá analisar situação das associações possivelmente na próxima semana

Elaeres disse que o tema é “delicado e importante, pois afeta muitas pessoas”; ele também irá cobrar uma explicação da Susep, que começou a tratar o assunto e interrompeu sem justificativa

Por Andrew Simek

O subprocurador-geral da República e coordenador da 3ª Câmara (Consumidor e Ordem Econômica) do Ministério Público Federal (MPF), José Elaeres, afirmou durante reunião nesta segunda-feira (14) já estar com o estudo técnico que fala sobre a atividade realizada pelas associações de proteção mútua, e que possivelmente na próxima semana terá um posicionamento sobre o caso.

No encontro, que aconteceu na sede do MPF, estiveram presentes o presidente da AAAPV (Agência de Autorregulamentação das Associações de Proteção Veicular e Patrimonial) Raul Canal, o ministro Fábio Medina Osório e o advogado Wendell Sant’ana.

“É um assunto delicado e importante, pois afeta muitas pessoas. Iremos procurar saber, também, porque a Susep começou a tratar o tema e de repente interrompeu o grupo de trabalho constituído para tanto. Queremos explicações, tem de ter alguma motivação”, comentou Elaeres.

De prontidão, o ministro Fábio Medina Osório colocou a Agência à disposição do Ministério Público para falar sobre as associações, mostrando os benefícios para o País e como a extinção afetaria gravemente a economia, ainda que verbalmente.

INEFICIÊNCIA DAS SEGURADORAS – O presidente da AAAPV aproveitou a oportunidade para citar como a causa tem ganhado força nas pastas públicas e relembrou a audiência pública realizada na última quarta-feira (9), no qual o comentário de um corretor de seguros chamou atenção. Ele citou a negativa que recebe das seguradoras “de 10, aproximadamente oito propostas são negadas por dia”. Ou seja, fato que comprova a ineficiência do mercado tradicional em atender a população.

Prezadas mútuas filiadas,

Informamos que a Assembleia Geral Ordinária da AAAPV, programada para o dia 10 de junho de 2024, mudou de data.

Agora, ela ocorrerá no dia 28 de junho de 2024 (sexta-feira). Para ter acesso ao edital de convocação com a alteração, acesse: