AAAPV

Trio é preso supostamente envolvido em esquema de roubo de veículos

O três supostos envolvidos alugavam carros de locadoras para uma empresa de fachada e depois revendiam os veículos para terceiros

Por D24AM

Manaus – Isaac Corrêa Barbosa, 32; Mauro Charlisson Nascimento Felipe, 18 e Ruan Silva Vital, 18, foram presos suspeitos de associação criminosa, durante a operação ‘Quimera’, que desarticulou um esquema criminoso de roubo veículos e recuperou mais de 70 carros, de um total de 130. A ação foi deflagrada pela Delegacia Especializada em Roubos Furtos de Veículos (Derfv).

De acordo com o delegado Cícero Túlio, o trio pertence a uma quadrilha que possui ligação com uma facção criminosa na capital. Ainda segundo ele, as investigações começaram no mês passado e os suspeitos foram detidos, nesta segunda-feira (16), nos bairros Redenção e Santo Antônio, zonas centro-oeste e sul, respectivamente.

Os supostos envolvidos criaram uma empresa de fachada, com apoio da facção criminosa, para conseguir angariar contrato junto as locadoras e diziam que utilizariam os veículos para destinação fim da empresa, porém, eles acabavam por revender os carros.

“Há pouco mais de um mês estávamos realizado diligencias investigativas a fim de recuperar um veículo que estava sendo utilizado na pratica de roubos na cidade, quando tomamos conhecimento que esse veículo era utilizado por uma quadrilha vinculada ao tráfico de drogas”, explicou Cícero Túlio.

Conforme o delegado, a partir de então, a polícia começou a ser procurada por locadoras que eram as verdadeiras proprietárias desses veículos, informando que eles estavam alugados para uma empresa. “Foi quando conseguimos identificar que havia um esquema criminoso voltado para subtrair centenas de carros de diversas empresas de locação no Estado”, ressaltou o delegado.

Cícero Túlio comentou, também, que com o objetivo de facilitar a venda do veículo, o trio “prometia facilidades”. “Não havia análise do perfil financeiro das pessoas. Normalmente, os clientes pagavam uma entrada entre R$ 10 mil e R$ 15 mil e faziam um financiamento informal. O valor das parcelas custava R$ 1.500, por mês. O prejuízo gira em R$ 6 milhões”, avaliou. Francisco Silva Filho, apontado como líder da organização criminosa, e Gabriel Ferreira Souza Marques estão foragidos.

Já o secretário de Segurança Pública, Louismar Bonates, pediu que os clientes que compraram os veículos compareçam a sede da Derfv. “Muitos carros estão nas mãos de pessoas que compraram de boa fé. Peço que elas procurem a delegacia e devolvam os veículos para não entrarem como receptadores na investigação e façam parte dessa quadrilha”.

Isaac, Mauro e Ruan foram indiciados por associação criminosa e estelionato. Ao término dos procedimentos cabíveis serão conduzidos ao Centro de Detenção provisória Masculino (CDPM) onde permanecem à disposição da Justiça.

 

Foto: Divulgação

Prezadas mútuas filiadas,

Informamos que a Assembleia Geral Ordinária da AAAPV, programada para o dia 10 de junho de 2024, mudou de data.

Agora, ela ocorrerá no dia 28 de junho de 2024 (sexta-feira). Para ter acesso ao edital de convocação com a alteração, acesse: